sábado, 9 de janeiro de 2010

Ácido Lático

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ácido_lático

O ácido láctico ou lático ( do latim lac, lactis, leite), é um composto orgânico de função mista ácido carboxílico - álcool que apresenta fórmula molecular C3H6O3 e estrutural CH3 - CH ( OH ) - COOH. Participa de vários processos bioquímicos, e o lactato é o sal deste ácido.

Pela nomenclatura IUPAC é conhecido como ácido 2-hidroxi-propanóico ou ácido α-hidroxi-propanóico.

Obtenção

Fermentação láctea

* A partir do açúcar do leite (lactose) com o Bacillus lactis ácidi.
* A partir do amido, açúcar da uva (glicose) ou açúcar da cana (sacarose) utilizando o Bacillus Delbrücki

A obtenção de ácido lático com enzimas ou microorganismos vivos podem produzir os isômerosdestrógiro ou levógiro, dependendo da enzima envolvida no processo.

Ocorrência

É encontrado no suco de carne, leite azedo, nos músculos e em alguns órgãos de algumas plantas ou animais.

Aplicações e usos

* Alimentação de crianças.
* Como purgante, na forma de lactato de cálcio ou lactato de magnésio.
* Removedor de sais de cálcio.
* Como mordente.
* Curtimento de peles.
* Matéria-prima em sínteses orgânicas.
* Como monômero do poliácido láctico.

Curiosidades

* O ácido lático, um dos primeiros ácidos conhecidos, foi descoberto pelo químico sueco Carl Wilhelm Scheele, no leite coalhado.
* É produzido nos músculos a partir do ácido pirúvico, durante exercícios vigorosos, produzindo dores musculares ou cãibras.

Respiramos mais depressa durante um exercício muscular, porque consumimos mais oxigênio. Nossos músculos, porém, são dotados de um mecanismo que garante a continuação do esforço, mesmo na ausência do oxigênio: a respiração anaeróbia, onde a glicose se decompõe na ausência do gás oxigênio, reproduzindo ácido lático.

Quanto maior a atividade muscular, mais ácido lático se acumula no músculo, tornando-o fatigado e incapaz de contrair-se, produzindo cansaço e até cãibras.

* A acumulação de ácido láctico no corpo é designada por acidose láctica

2 comentários:

Carlos Lopes disse...

Muito bom o Post.. parabens

Fabão disse...

Valeu, Carlos.
ua