terça-feira, 30 de julho de 2013

28/07/2013 - Golden Four Asics SP

Meu primeiro semestre de 2013 foi focado na Maratona de Porto Alegre. Minha preparação me deu segurança para fazer 2 meia maratonas sub-1h50. Com isso eu fiquei elegível para ganhar a camiseta do Desafio Contra Relógio Asics.
Além de ganhar a camiseta, também resolvi me inscrever para essa prova do circuito Golden Four, que tem fama de ser rápido. Em parte eu queria prestigiar o apoio ao Desafio, e também queria por no currículo essa prova. Com relação à performance, eu não sabia se conseguiria correr tão rápido, iria depender da minha recuperação pós-maratona.
Voltando de Porto Alegre, permiti-me tirar 2 semanas de "férias" dos treinos. Em seguida retomei as atividades com uma rodagem baixa, sem foco na meia maratona. Fui para a prova com um objetivo não muito ambicioso: 1h50. Não é um tempo ruim, mas também não é o meu melhor.
No sábado fui buscar o kit na Expo Golden Four. Aproveitei para levar minhas filhas, que aproveitaram bastante a boa estrutura do espaço. Elas adoraram correr na pista que media a velocidade máxima. A Karina até recebeu massagem! Depois foram tirar foto com o Adriano Bastos, de quem viraram fãs após saber que ele é octacampeão da maratona Disney.
Na parte matinal do sábado eu tinha passado por uma pequena dor estranha na região abdominal. Não foi algo grave, e também não consegui identificar o motivo, já que não parecia relacionado a esforço nem à parte digestiva. A Dayane sugeriu que pudesse ser gases, o que não é comum para mim. Tomei um Luftal e depois de algumas horas a dor sumiu. Como disse, nada grave. Mas deixou uma pulguinha de dúvida se eu estava bem para correr no domingo.


Enfim, fui para a prova ainda pensando em correr o mais rápido que eu pudesse, dentro do cenário possível.
Domingo cedo saí de Barueri ainda escuro, por volta das 5:30. Na estrada a neblina estava forte, e tive que ir mais lento que o normal. Mas cheguei à região da prova com bastante tempo de folga. Não consegui fugir dos flanelinhas desta vez, mas pelo menos gastei meus R$10 com um vigia da região, que ficou lá o tempo todo.
Antes de ir para a região da largada fiquei andando pela arena do Joquei Clube. Encontrei alguns conhecidos e fui ao banheiro. Depois, deixei o agasalho no carro e fui para a largada.
Um pequeno atraso para o início, e fomos para a prova. Minha área de largada era a verde, com marca de 1h50. Reparei que havia uma pessoa um pouco mais à frente com umas bexigas verdes, e imaginei que era o marcador de ritmo de 1h50.
Minha meta de passo médio era 5:10/km. Assim, fecharia os 21,1km em 1h50, talvez um pouco menos.
Nos primeiros quilômetros tentei manter as bexigas verdes a uma distância constante. Não quis forçar o ritmo logo no início. Eu poderia alcançar as bexigas mais para frente.
Passei a marca de 3km com 15min cravados. Eu estava um pouco mais rápido que o planejado. A próxima parcial abaixo de 5min me fez pensar em reduzir a velocidade. Só o que consegui foi não acelerar ainda mais. Apesar do frio de 10ºC, eu já estava aquecido e começava a forçar o passo de forma precoce. Todas as parciais seguintes foram abaixo de 5min. Havia uma pequena diferença entre as placas de km e a marcação do GPS. Independente disso, eu sabia que estava mais rápido que o planejado.


Outra referência era o marcador com as bexigas verdes. A distância parecia se manter constante, ora aumentando e ora diminuindo. Mas este caso também não estava ajudando muito, pois eu sabia que estava mais rápido que 1h50, e por isso estava desconfiado que o marcador também não faria este tempo.
Quando finalmente alcancei o marcador, descobri duas novidades: 1) era uma marcadora e 2) o ritmo era 1h45 (estava escrito na camiseta/colete). Até aquele momento eu não sabia qual seria meu tempo projetado, apenas desconfiava que era abaixo de 1h50. Alcançar a marcadora de 1h45 me colocava em posição de melhorar meu récorde pessoal (1h45:30). Estávamos por volta dos 11km e faltava menos da metade da prova. A temperatura continuava bem baixa, sem o menor sinal de Sol.
Resolvi tentar o récorde, e passei a marcadora. Minhas duas experiências anteriores com marcadores não foram muito legais, e desta vez nem tentei acompanhar. Melhor assim, pois acabei fazendo um ritmo mais rápido.
Lembrei que na corrida do meu récorde eu havia feito a primeira metade bem forte, e comecei a sentir um pouco de cansaço na segunda metade. Desta vez fiz a primeira metade um pouco forte, não tanto como em março, mas por outro lado não estava sentindo nenhum sinal de cansaço.
Continuei num ritmo constante até por volta de 15km, quando finalmente comecei a pensar se faltava muito para acabar. Adotei a estratégia da contagem regressiva ("faltam 6km, 5km, 4km...") e continuei mais ou menos no mesmo ritmo.
Já chegando perto do Jóquei novamente, tentei apertar um pouco o passo para melhorar o tempo final, mas não tive muito sucesso. Pelo menos não desacelerei, e mantive a média que fiz durante toda a prova. Apesar de não ter calculado o ritmo para quebra do récorde, eu sabia que o novo melhor tempo já estava garantido. Bastava cruzar a chegada e ver o resultado final.
Na última reta, ainda pensei em fazer um pequeno sprint de 500m, mas também falhei nisso. Sem problema. O tempo final de 1h42:33 foi excelente.
E, cumprindo uma profecia que proferi durante a prova, foi só eu passar a linha de chegada que o Sol começou a aparecer. Mesmo assim ainda estava frio. Bem frio (uns 14°C). Conversei com alguns conhecidos e fui me agasalhar. Minha camiseta estava ensopada de suor, e fiquei preocupado em não pegar uma gripe.
Agora, a partir do dia 29, inicio minha planilha para a maratona Disney 2014. Esta marca na meia Asics me abre uma perspectiva bem ousada para esta prova no exterior. Vamos ver se consigo fazer uma boa preparação para que esteja em condições de planejar um objetivo ambicioso para janeiro.


GPS: http://www.endomondo.com/workouts/222457456/8052989

Marcação pessoal:
1- 15.00 (3km)
2- 14.33 (6km)
3- 14.25 (9km. 10km=48.50)
4- 14.29 (12km)
5- 14.25 (15km=1:12.51)
6- 14.45 (18km)
7- 15.02 (21,1km)
Total: 1:42:37

ua

3 comentários:

equipecorridaderuams.blogspot.com disse...

E aí Fábio, blz.

Primeira vez por aqui, parabéns pelo blog e por tabela, parabéns pela excelente melhora no RP, 1h42 na meia é ótimo tempo.

Abraços, bons treinos.

Rodrigo Augusto
Corridaderuams.blogspot.com.br

Fabão disse...

Oi, Rodrigo. Tudo bem?
Agradeço pela visita e pelas palavras.
1h42 realmente foi um tempo excelente e me surpreendeu.
ua
Fabão

Jorge disse...

Fabão esta corrida é fantástica já corro ela há 3 anos, mas este ano achei a medalha fraca em relação aos outros anos...Parabéns...

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com